terça-feira, 15 de abril de 2014

Curso sobre infecção hospitalar será ministrado no HC

Cássia Veras (Assessoria HC)

O Serviço de Combate de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco realizará, nos dias 22, 23 e 24, o curso “Noções de controle de infecção hospitalar”. A palestra é destinada aos residentes e estudantes de medicina e enfermagem.
O curso tem por objetivo oferecer orientação para os profissionais da saúde em relação aos riscos de infecção hospitalar. Temas como o que é controle de infecção, perfil de sensibilidade bacteriana, dados do hospital, tipos de infecção, prevenção e tratamento serão abordados ao longo do curso.
Segundo a infectologista Fátima Fagundes, esse tipo de iniciativa é muito importante dentro do hospital. “Existe uma grande dificuldade no tratamento das infecções, pois as bactérias estão cada vez mais resistentes. Portanto, estamos trabalhando a prevenção dessas infecções”, ressalta.
As inscrições para o curso são feitas na Comissão de Residência Médica (Coreme) de Rio Branco, no HC.
Histórico

No século XIX pode-se observar que as pessoas que utilizavam os serviços de saúde estavam morrendo mais em função das infecções que adquiriam dentro das unidades do que da própria doença. Portanto sentiu-se a necessidade de instituir o SCIH dentro dos hospitais. Após a morte do ex-presidente Tancredo Neves, que morreu de infecção hospitalar, o assunto passou a ser normatizado e discutido mais amplamente no Brasil.




terça-feira, 8 de abril de 2014

HC inicia estudos para pagamento de insalubridade aos servidores

Cássia Veras (Assessoria HC)

Secretário adjunto anuncia estudos para pagamento de insalubridade (Foto: Cássia Veras/Sesacre)
Secretário adjunto anuncia estudos para pagamento de insalubridade (Foto: Cássia Veras/Sesacre)
O secretário adjunto de Estado de Saúde, Irailton Lima, esteve na manhã desta terça-feira, 8, no auditório do Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco para anunciar o início dos estudos e elaboração dos laudos para pagamento de adicional de insalubridade aos servidores da unidade de saúde.
“Estamos colocando, em primeiro lugar, as condições de trabalho dos servidores e fazendo isso em parcerias com os sindicatos e o governo do Estado. Essa é uma vitória, conquista dos trabalhadores e da gestão da saúde no Acre”, ressaltou o secretário.
A elaboração dos laudos será realizada, em até cinco dias, por uma empresa de assessoria e consultoria em segurança do trabalho. Serão verificados todos os setores do hospital, nos três turnos de trabalho. O laudo que avaliará o grau de insalubridade em cada setor será baseado nas Normas Regulamentadoras (NR), 15 e 16, do Ministério do Trabalho (MT).
A lei que garante aos servidores da saúde o direito à insalubridade será implementada em três etapas. Os primeiros servidores avaliados devem receber o benefício ainda no mês de abril. A última etapa está prevista para ser executada em outubro deste ano.

Dia Mundial de Combate ao Câncer: especialista esclarece sobre doença

Cássia Veras (Assessoria HC)

A oncologista Nara Andrade esclarece dúvidas comuns sobre o câncer (Foto: Cássia Veras/ Sesacre)
A oncologista Nara Andrade esclarece dúvidas comuns sobre o câncer (Foto: Cássia Veras/ Sesacre)
O dia 8 de abril é lembrado como o Dia Mundial de Combate ao Câncer. No Acre, a referência em combate e tratamento do câncer é o Hospital do Câncer, unidade do complexo Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco. A médica oncologista Nara Andrade esclarece sobre o que é a doença, como ela se manifesta, fala sobre prevenção e tratamento.

O que é o Câncer?

Câncer é uma alteração da célula normal do corpo, ou seja, a célula passa a utilizar certos mecanismos que não são normais. Como, por exemplo, a célula tem que morrer a cada 24 horas, no entanto, morre em 36 horas – essa mudança pode originar o câncer.

Sintomas

Depende da localização de onde está o câncer para o paciente sentir os sintomas. Por exemplo, no câncer de mama, o primeiro sintoma é o nódulo no seio. Não existe um sintoma geral para todos os tipos de câncer.

Fatores que originam o câncer

Uso de cigarros, excesso de gordura, dieta que não é bem feita, fator ambiental e outros associados a alterações nos cromossomos, dão origem ao câncer.

Prevenção

O método mais eficaz de prevenção é estar em dia com exames de rotina.

Região Norte

No câncer de mama, o primeiro sintoma é o nódulo no seio – alteração de uma célula normal (Foto: Divulgação)
No câncer de mama, o primeiro sintoma é o nódulo no seio – alteração de uma célula normal (Foto: Divulgação)
Segundo a oncologista Nara Andrade, o câncer de colo de útero é mais comum na região Norte do que em outras partes do país. “A iniciação da vida sexual muito cedo, vários tipos de parceiros e por não ter o hábito de realizar o exame preventivo de forma adequada são fatores que contribuem para o maior índice de da doença aqui na região”, esclarece.
“Os resultados que temos aqui no Hospital do Câncer é diferente do que em outras regiões, talvez seja porque temos um centro só de referência, portanto, a pessoa chega ao hospital e já é encaminhada para o médico, realiza os exames e começa o tratamento. Assim, não precisa ir a vários lugares para combater a doença”, relata.