quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Sesacre investe na saúde do servidor

Cássia Veras (Assessoria HC)



O programa “Medida Certa”, iniciativa da secretária de Saúde do Estado, Suely Melo, tem por objetivo garantir, por meio da prática de atividade física, bem-estar e qualidade de vida ao servidor público da saúde. O projeto começou a ser desenvolvido no Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco. Hidroginástica, treinamento funcional e aeróbica são as modalidades a serem oferecidas aos participantes.

"Medida certa” vai ampliar os benefícios da atividade física a mais servidores (Foto: Cássia Veras/Sesacre) A professora e educadora física Eliana de Oliveira já realiza um trabalho, com os servidores do HC, de prevenção da obesidade e doenças do sedentarismo, como colesterol alto, diabetes, problemas cardíacos e pressão alta. Ela acredita que a “medida certa” vai ampliar os benefícios da atividade física a mais servidores.

“Educadores físicos, clínico geral, endocrinologista, nutricionista e cardiologista fazem parte da equipe de avaliação da saúde do servidor. Os especialistas vão acompanhar esses pacientes e apontar qual tratamento eles devem seguir. Aproximadamente 170 servidores já estão inscritos no programa. Dentro do HC também será organizado o Centro do Trabalhador, onde os funcionários poderão ser acompanhados pela nossa equipe a qualquer hora do dia”, informa a educadora física.

Para a servidora Vaneíde Araújo, a iniciativa é muito importante e vai trazer muitos benefícios para a saúde do servidor. “Eu já tinha feito hidroginástica havia um tempo e me sentia bem e disposta, mas parei. E agora vi uma boa oportunidade de retomar um exercício que me deixa bastante disposta, melhora meu condicionamento físico. Os efeitos vêm e são bons”, disse.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Programa de Obesidade do HC é um dos mais procurados pela população

Cássia Veras (Assessoria HC)


Grupo de Obesidade do HC atende mais de 800 usuários (Foto: Assessoria HC)
Grupo de Obesidade do HC atende mais de 800 usuários (Foto: Assessoria HC)
O Programa de Obesidade e Qualidade de Vida do Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco continua sendo um dos serviços mais procurados dentro do complexo. Em abril deste ano, cerca de 500 pessoas, entre pacientes e familiares, frequentaram o grupo de obesidade. Neste mês já foram contabilizados mais de 300 novos usuários.
Segundo a coordenadora do programa, Maria das Graças Lima, a demanda de pessoas pelo serviço está relacionada à inserção de novos especialistas, como cirurgião gástrico e endocrinologista. Outro fator importante para o aumento da procura pelo serviço são as ações das secretarias de Rio Branco e de Estado de Saúde (Semsa e Sesacre).
Nutricionista Eliane Frari apresenta os benefícios e malefícios dos alimentos (Foto: Assessoria HC)
Nutricionista Eliane Frari apresenta os benefícios e malefícios dos alimentos (Foto: Assessoria HC)
“O Estado e município estão criando estratégias para implantar definitivamente a linha de cuidados da obesidade. Com isso, o serviço se tornará mais rápido e eficaz, pois as unidades básicas de saúde passarão a oferecer o serviço de promoção, prevenção e tratamento da doença, e o HC ficaria responsável apenas pelos exames específicos e as cirurgias”, esclarece a coordenadora do Programa de Obesidade.
Vânia Albuquerque frequenta o grupo de obesidade há três meses e declara estar satisfeita com o serviço. “Depois que cheguei ao Grupo de Obesidade perdi sete quilos, aprendi a mastigar, como me alimentar direito, reeduquei meus hábitos e controlei aquela ansiedade que sentia”, relata.
Há três meses no Grupo de Obesidade, Vânia Albuquerque perdeu sete quilos (Foto: Assessoria HC)
Há três meses no Grupo de Obesidade, Vânia Albuquerque perdeu sete quilos (Foto: Assessoria HC)
Como participar
Existem duas formas de entrada no programa: a demanda livre, pela qual o usuário procura diretamente o setor de obesidade, e a demanda referenciada, quando o interessado é encaminhado pelo médico da unidade básica de saúde (posto de saúde). As reuniões são realizadas às quartas-feiras, às 9 e às 19 horas. A reunião para os familiares é às quintas-feiras, às 19 horas.

terça-feira, 17 de junho de 2014

Ginástica laboral oferece qualidade de vida aos servidores da saúde

Cássia Veras (Assessoria HC)


“Fico mais relaxada e com mais disposição para trabalhar”, conta a técnica Sheila Batista (Foto: Cássia Veras)
“Fico mais relaxada e com mais disposição para trabalhar”, conta a técnica Sheila Batista (Foto: Cássia Veras)
Com a finalidade de zelar pela saúde do funcionário público, o “Atendimento ao Servidor” é um projeto desenvolvido há nove anos pela educadora física Eliana de Oliveira, no Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco. O principal objetivo é resgatar os servidores da obesidade, do sedentarismo e do estresse no trabalho.
Todos os dias, o estagiário de educação física Luciano da Luz passa nos setores do HC para realizar a ginástica laboral com aproximadamente 100 servidores. “As vantagens da ginástica laboral são o relaxamento dos músculos, o aumento da disposição para o trabalho, o crescimento da autoestima, a redução e o alívio das dores, tensões e cansaço”, esclarece.
Para a servidora Maria Rita Moreira, os exercícios diários servem para melhorar a respiração. “Como sinto muita dor na coluna, minha respiração fica comprometida. Então, quando faço os exercícios, não sinto tanta dor e respiro normalmente”, conta.
Segundo a educadora física Eliana, o projeto tem apoio do governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesacre). Segundo ela, o projeto também foi implantado em outras unidades hospitalares, uma vez que oferece melhor qualidade de vida aos servidores.