segunda-feira, 2 de março de 2015

Mais 32 médicos residentes foram diplomados no Hospital das Clínicas

Cássia Veras (Assessoria HC)

Foto: Júnior Aguiar 
A Comissão de Residência Médica (Coreme), do Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco, realizou na manhã desta sexta-feira, 27, a 14ª diplomação de médicos residentes do Acre. A secretária adjunta de Atenção à Saúde, Paula Mariano, participou da solenidade de diplomação.
“É com muita alegria que eu vejo essa nova caminhada de vocês e já passei por isso aqui nesta casa há 11 anos. Sei que são dois anos de trabalho árduo, mas de aprendizado que nos completa. Torço pelo sucesso de cada um de vocês e aproveito para pedir que tratem seus pacientes como gostariam de ser tratados”, aconselhou, Paula Mariano.
Na ocasião foram diplomados mais 32 profissionais nas especialidades de cirurgia geral, clínica médica, radioterapia, obstetrícia e ginecologia, ortopedia e traumatologia, pediatria, cancerologia clínica, medicina de família e comunidade e anestesiologia.
O coordenador do curso de medicina da Ufac, Rodrigo Silveira, parabenizou os médicos egressos da residência e destacou a importância do programa de residência no estado. “São 15 anos de residência no Acre e essa jornada serviu de alicerce para a criação dos cursos de medicina no estado. Essa estratégia que foi colocada no início dos anos 2000, hoje é entendida em todo o campo da educação médica como uma estratégia bem sucedida”, disse.
Para a diplomada em medicina da família e comunidade, Dirce Manasfi e Manasfi, a cerimônia celebra a colheita dos frutos que todos os residentes vêm plantando ao longo da especialização. “Todos nós especialistas fortalecermos nosso elo, nós ganhamos e o paciente também ganha. E o grande aprendizado que levamos é que estamos cuidando de pessoas não só de doenças” declarou.
“Estamos formando a 14ª turma de especialistas e tenho clareza do quanto isso é importante para qualidade da saúde pública. Esse programa forma especialistas para todo o Brasil. Com essa turma, já formamos mais de 270 médicos residentes”, explica o coordenador da comissão de residência médica, Thadeu Moura.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Nova diretoria do Hospital das Clínicas é apresentada a servidores

Cássia Veras (Assessoria HC)

A superintendente do HC, Juliana Quinteiro, assumiu o desafio de contribuir para melhorar a saúde no Acre (Foto: Cássia Veras)
A superintendente do HC, Juliana Quinteiro, assumiu o desafio de contribuir para melhorar a saúde no Acre (Foto: Cássia Veras)
Uma reunião para apresentar a nova diretoria do Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco foi realizada na manhã desta sexta-feira, 13, no auditório do complexo hospitalar. Na ocasião, foram apresentados oficialmente a superintendente Juliana Quinteiro, o diretor assistencial Denys Eite Fujimoto e o diretor financeiro Elias Mansour Macedo.
Além deles, foram apresentados os chefes de setores da Assessoria Jurídica, Acolhimento, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Gerência de Enfermagem, Almoxarifado, Assistência Social e Projetos e Planejamento.
“Fiquei muito gratificada com o convite do governador Tião Viana para assumir a superintendência do HC. Vou retribuir a confiança com muito trabalho, ao lado de todos os funcionários, para oferecer um atendimento humanizado de qualidade e sem distinção aos pacientes”, disse a superintendente.
Mais de dois mil funcionários trabalham no HC (Foto: Cássia Veras)
Mais de dois mil funcionários trabalham no HC (Foto: Cássia Veras)
Hospital das Clínicas
Atualmente, mais de dois mil funcionários, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, assistentes administrativos e servidores terceirizados, trabalham no HC. A instituição realiza atendimentos de média e alta complexidades. O complexo hospitalar compreende o Hospital do Idoso, Hospital do Câncer, nefrologia, ambulatório, laboratórios, enfermarias, centro cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Central de Agendamento de Cirurgias (CAC), setor de dermatologia, Central de Transplantes, gerência de ensino, grupo de obesidade, Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e outros.

Hospital das Clínicas realiza mais duas cirurgias bariátricas

Cássia Veras (Assessoria HC)

“Perdi meu pai por causa da obesidade. E com a mesma doença cheguei a pesar 156 quilos. Adquiri problema de pressão alta, cálculo renal, pedra na vesícula, problema de coluna e de circulação”, relatou Edineia do Nascimento, uma das duas pacientes que se submeteu a cirurgia bariátrica nesta semana, no Hospital das Clínicas (HC) de Rio Branco. Edineia se recupera bem depois da cirurgia e agora retoma a esperança por uma vida com mais qualidade e saúde.
Uma das metas do programa de obesidade do HC para este ano é a realização de duas cirurgias por semana. Cerca 120 pacientes aguardam na fila para o procedimento cirúrgico. O grupo de obesidade do HC atende aproximadamente mil usuários entre pacientes e familiares.
Oito cirurgias bariátricas – cirurgia para redução de estômago –, já foram realizadas em 2015. Segundo o médico cirurgião do aparelho digestivo, Thiago Batista, a cirurgia é realizada com base nas classificações da doença, que são graus 1, 2 e 3, que corresponde respectivamente aos graus leve, moderado e grave.
“A bariátrica é uma cirurgia utilizada para ajudar o paciente a perder o peso quando ele não consegue com os especialistas do grupo multiprofissional do programa de obesidade”, explicou o médico.
A técnica de enfermagem Ana Claudia de Oliveira foi a outra paciente beneficiada com a bariátrica. Grau leve era a classificação em que a técnica de enfermagem estava inserida, porém, outras doenças que ameaçavam o bem estar da paciente foram fatores determinantes para a realização da cirurgia.
“Com a cirurgia adquiri novas expectativas de vida, hoje sou mãe e estava muito doente, porque tinha diabetes, hipertensão e problemas no coração. O grupo e todos os profissionais que fizeram parte da minha caminhada até aqui foram fundamentais”, disse Ana Cláudia, que está em fase de recuperação pós-operatória.
(Foto: Luciano Pontes/Secom)
(Foto: Luciano Pontes/Secom)